Necessidade faz do saneamento básico um mercado em expansão

Publicado em: 20/02/2017

O saneamento básico é parte fundamental para o desenvolvimento da população, porém, em nosso país, 34 milhões de brasileiros ainda vivem sem rede de água tratada. O mais intrigante é que esse problema não se limita apenas a cidades de estados distantes e de difícil acesso: há casos também em São Paulo.

 

A relação entre a falta de saneamento básico e o aumento de casos de doenças transmitidas por insetos ainda é pouco estabelecida, porém, segundo a Organização Mundial da Saúde, a cada real investido em saneamento economiza-se 4 em gastos com a saúde. Isso configura um dado importante, confirmado pelo Instituto Trata Brasil em sua pesquisa, revelando quais são os dez melhores e piores municípios no que diz respeito a saneamento básico.

 

Sabendo dessa demanda, a Trevisan Escola de Negócios conta com o curso de MBA em Gestão Estratégica dos Serviços de Saneamento, que visa preparar os profissionais para auxiliar as empresas que trabalham com concessões em serviços públicos de saneamento básico – isso, através de uma visão aprofundada de como garantir que seja cumprida a legislação, seja ela tributária, administrativa ou ambiental, atendendo aos interesses de equilíbrio econômico financeiro do contrato etc., para evitar prejuízos e possíveis multas para a empresa.

 

Segundo a coordenadora do curso, Elizabeth Martos, a área de saneamento é considerada um mercado em expansão com a possibilidade de geração de mais de 11,9 milhões de empregos nessa área. O MBA é estruturado em parceria com o Sindcon. Essa colaboração permite que as aulas tenham discussões atuais e relevantes ao mercado, pois a colaboração permite o acesso direto aos profissionais que trabalham na operação e aos principais impasses do setor.

 


Veja a reportagem que o Fantástico fez sobre a importância do Saneamento básico

 

E saiba mais sobre o curso de MBA Gestão Estratégica dos Serviços de Saneamento